Qual é a diferença entre epicondilite medial e lateral

A principal diferença entre epicondilite medial e lateral é que a epicondilite medial é um tipo de epicondilite que produz dor na parte interna do cotovelo, enquanto a epicondilite lateral é um tipo de epicondilite que produz dor na parte externa do cotovelo.

A epicondilite é uma condição que causa inflamação dos tendões. Os tendões são cordões de tecido que prendem os músculos do antebraço ao cotovelo. Esta inflamação leva a sensibilidade no tendão e dor no cotovelo. Geralmente ocorre em esportes como tênis e golfe e atividades relacionadas ao trabalho que envolvem preensão e levantamento repetitivo e vigoroso. A epicondilite é principalmente de dois tipos: epicondilite medial e lateral.

CONTEÚDO

1. Visão geral e principal diferença
2. O que é Epicondilite Medial
3. O que é Epicondilite Lateral
4. Semelhanças – Epicondilite Medial e Lateral
5. Epicondilite medial vs lateral na forma tabular
6. Resumo – Epicondilite Medial vs Lateral

A epicondilite medial, também chamada de cotovelo de golfista, é um tipo de epicondilite que causa dor na parte interna do cotovelo. Acontece quando os músculos e tendões que controlam o pulso e os dedos são danificados. Esse dano geralmente ocorre devido ao estresse excessivo ou repetido por meio de movimentos vigorosos do pulso e dos dedos, arremessos ou golpes, levantamento inadequado, aquecimento insuficiente ou condicionamento inadequado. Esportes de raquete, esportes de arremesso, treinamento de peso, movimentos ocupacionais vigorosos e repetitivos são gatilhos comuns de epicondilite medial. Os sintomas da epicondilite medial são dor e sensibilidade, geralmente no lado interno do cotovelo, cotovelo rígido, fraqueza nas mãos e pulsos e dormência ou formigamento em um ou mais dedos. Os fatores de risco para epicondilite medial são ter 40 anos ou mais, fazer atividades repetitivas, obesidade e fumar.

Figura 01: Epicondilite Medial

A epicondilite medial pode ser diagnosticada através do histórico médico, exame físico, ressonância magnética e raios-X. Além disso, as opções de tratamento para epicondilite medial incluem analgésicos de venda livre (ibuprofeno, naproxeno ou acetaminofeno), repouso, aplicação de gelo na área afetada, uso de uma órtese, alongamento e fortalecimento da área afetada e cirurgia (procedimento TENEX).

O que é Epicondilite Lateral?

A epicondilite lateral, também chamada de cotovelo de tenista, é um tipo de epicondilite que causa dor na parte externa do cotovelo. A epicondilite lateral é uma lesão por uso excessivo e tensão muscular. É causada pela contração repetida do músculo do antebraço, que é usado para endireitar e levantar a mão e o pulso em atividades como esportes (tênis), uso de ferramentas de encanamento, parafusos, pintura, corte de ingredientes culinários (principalmente carne) e uso repetitivo do mouse do computador. Os sintomas da epicondilite lateral são dor e fraqueza irradiando da parte externa do cotovelo para o antebraço e punho, o que pode dificultar a preensão de um objeto, apertar as mãos, girar a maçaneta e segurar uma xícara de café. Os fatores de risco para epicondilite lateral podem incluir idade (comum em adultos de 30 a 50 anos), ocupação (encanadores, pintores, carpinteiros e açougueiros) e certos esportes (esportes com raquetes como tênis).

Figura 02: Epicondilite Lateral

A epicondilite lateral pode ser diagnosticada através do histórico médico, exame físico, raios-X, ressonância magnética e eletromiografia (EMG). Além disso, as opções de tratamento para epicondilite lateral incluem fisioterapia, injeções, tenotomia ultrassônica (procedimento TENEX) e cirurgia para remover tecidos danificados.

Epicondilite medial e lateral são dois tipos de epicondilite. Ambas as condições causam inflamação dos tendões. Ambas as condições envolvem lesões por uso excessivo e tensão muscular. Eles podem causar sintomas semelhantes, como dor e fraqueza na região afetada. Ambas as condições podem ser diagnosticadas através de exames físicos e exames de imagem. Eles são tratados através de terapias e cirurgias específicas.

A epicondilite medial causa dor na parte interna do cotovelo, enquanto a epicondilite lateral causa dor na parte externa do cotovelo. Assim, esta é a principal diferença entre epicondilite medial e lateral. Além disso, os fatores de risco para epicondilite medial incluem ter 40 anos ou mais, atividade repetitiva, obesidade e tabagismo. Por outro lado, os fatores de risco para epicondilite lateral incluem idade (comum em adultos de 30 a 50 anos), ocupação (encanadores, pintores, carpinteiros e açougueiros) e certos esportes (esportes com raquetes como tênis).

O infográfico abaixo apresenta as diferenças entre epicondilite medial e lateral em forma tabular para comparação lado a lado.

Resumo – Epicondilite Medial vs Lateral

A inflamação dos tendões é chamada de epicondilite. Epicondilite medial e lateral são dois tipos de epicondilite. A epicondilite medial é caracterizada por dor na parte interna do cotovelo, enquanto a epicondilite lateral é caracterizada por dor na parte externa do cotovelo. Então, esta é a principal diferença entre epicondilite medial e lateral.

Referência:

1. “Epicondilite medial (cotovelo de jogador de golfe e beisebol).” Epicondilite medial (cotovelo de jogador de golfe e beisebol) | Johns Hopkins Medicine, 8 de agosto de 2021.
2. “Cotovelo de tenista.” Mayo Clinic, Mayo Foundation for Medical Education and Research, 25 de fevereiro de 2021.

Cortesia da imagem:

1. “Golfistas-cotovelo SAG” Por Animações Científicas(CC BY-SA 4.0) via Commons Wikimedia
2. “Cotovelo de tenista” Por BruceBlaus – Trabalho próprio (CC BY-SA 4.0) via Commons Wikimedia

Deixe um comentário