Qual é a diferença entre o câmbio fascicular e o câmbio interfascicular

A principal diferença entre o câmbio fascicular e o câmbio interfascicular é que o câmbio fascicular é um câmbio que ocorre dentro de um feixe vascular entre o xilema e o floema, enquanto o câmbio interfascicular é um câmbio entre os feixes vasculares.

Cambium refere-se a células meristemáticas presentes entre o xilema e o floema de plantas dicotiledôneas. O xilema e o floema formam coletivamente o feixe vascular das plantas. A função primária do câmbio é produzir tecido vascular; por isso é chamado de câmbio vascular. O câmbio vascular empurra o xilema para o lado interno e o floema para o lado externo em caules e raízes. Existem dois tipos de câmbio vascular em plantas dicotiledôneas: câmbio fascicular (câmbio intrafascicular) e câmbio interfascicular.

CONTEÚDO

1. Visão geral e principal diferença
2. O que é Câmbio Fascicular
3. O que é Câmbio Interfascicular
4. Semelhanças – Câmbio Fascicular e Câmbio Interfascicular
5. Câmbio Fascicular vs Câmbio Interfascicular em Forma Tabular
6. Resumo – Câmbio Fascicular vs Câmbio Interfascicular

O que é Câmbio Fascicular?

O câmbio fascicular refere-se às células do meristema presentes entre o xilema e o floema de um feixe vascular. Por isso, também é conhecido como câmbio intrafascicular. O câmbio fascicular se desenvolve a partir do procâmbio do ápice do caule. A principal função do câmbio fascicular é gerar o xilema no centro e o floema no lado externo do caule. O câmbio fascicular também dá origem aos componentes vasculares primário e secundário. O câmbio fascicular está presente nas partes primária e secundária do caule das plantas.

Figura 01: Haste de Helianthus (A-Epiderme, B-Córtex, C-Pente, D-Xilema, E-Fibras do Floema, F-Câmbio Vascular)

O câmbio fascicular é transformado no meristema secundário durante o crescimento secundário. Isso leva à produção de tecido vascular dentro da região dos feixes vasculares. Portanto, o câmbio fascicular tende a ser meristema primário e secundário em plantas dicotiledôneas.

O que é Câmbio Interfascicular?

O câmbio interfascicular é um câmbio que ocorre entre dois feixes vasculares. Origina-se dos tecidos permanentes e forma o meristema secundário. Portanto, basicamente, o câmbio interfascicular é o responsável pela formação do meristema secundário. Além disso, os componentes vasculares secundários são estabelecidos pelo câmbio interfascicular.

Figura 02: Câmbio Interfascicular

Durante o crescimento secundário do caule das plantas dicotiledôneas, o câmbio fascicular e o câmbio interfascicular são fundidos. Essa fusão forma um anel contínuo de tecido meristemático chamado câmbio vascular. Além disso, o câmbio vascular geralmente corta o xilema secundário em direção ao seu lado interno e o floema secundário em direção ao seu lado externo.

Quais são as semelhanças entre o câmbio fascicular e o câmbio interfascicular?

Câmbio fascicular e câmbio interfascicular são dois tipos de câmbio vascular. São células meristemáticas. Ambos os câmbios possuem células que estão se dividindo ativamente. Eles desempenham funções essenciais nas plantas dicotiledôneas.

Qual é a diferença entre o câmbio fascicular e o câmbio interfascicular?

O câmbio fascicular refere-se ao câmbio entre o xilema e o floema de um feixe vascular, enquanto o câmbio interfascicular refere-se ao câmbio entre os feixes vasculares. Assim, esta é a principal diferença entre o câmbio fascicular e o câmbio interfascicular. Além disso, o câmbio fascicular é derivado do procâmbio do ápice do caule. Por outro lado, o câmbio interfascicular é derivado de tecidos permanentes.

O infográfico abaixo apresenta as diferenças entre o câmbio fascicular e o câmbio interfascicular em forma de tabela para comparação lado a lado.

Resumo – Câmbio Fascicular vs Câmbio Interfascicular

Cambium em plantas dicotiledôneas é uma camada de tecido que fornece células indiferenciadas (células meristemáticas) para o crescimento da planta. A principal função do câmbio é produzir tecido vascular em plantas dicotiledôneas. Portanto, é conhecido como o câmbio vascular. O câmbio vascular é o tecido de crescimento primário nos caules e raízes das plantas dicotiledôneas. É principalmente de dois tipos como câmbio fascicular e câmbio interfascicular. O câmbio fascicular ocorre entre o xilema e o floema de um feixe vascular. Por outro lado, o câmbio interfascicular ocorre entre os feixes vasculares. Portanto, esta é a principal diferença entre o câmbio fascicular e o câmbio interfascicular.

Referência:

1. Wang, Dian, e outros. “Câmbio Vascular: A Origem da Formação da Madeira.” Fronteiras.
2.“Câmbio (Inter)Fascicular.”Afzender.

Cortesia da imagem:

1. “Helianthus caule 2L” Por Jon Houseman – Jon Houseman e Matthew Ford (CC BY-SA 4.0) via Commons Wikimedia
2. “Imagem da página 127 de “Botânica; princípios e problemas” (1923)” Por Imagens de livros de arquivo da Internet (Domínio público) via Flickr

Deixe um comentário